Kelvin volta ao Alvinegro diante de Botafogo – SP

Foto: Rennê Carvalho

O treinador Fernando Marchiori recebeu uma boa notícia dos médicos abecedistas em relação ao atacante Kelvin. O jogador que não enfrentou o Volta Redonda na última rodada, por causa de uma lesão no tornozelo, respondeu bem ao tratamento e dificilmente deixará de estar em campo no confronto diante do Botafogo-SP, sábado, às 17h, na cidade de Ribeirão Preto. 

Roberto Vital, diretor médico do Alvinegro, em entrevista ao programa Tribuna Esporte da Jovem Pan News Natal, reforçou que a recuperação do atleta é bem satisfatória, que ele já passou bem pela fase de transição e se não reclamar de mais nada, seguirá viagem com o elenco rumo a São Paulo.


“O caso de Kelvin foi uma lesão pequena sofrida com a entorse no tornozelo depois que ele pisou num buraco no gramado do estádio Lindolfo Monteiro, diante do Altos-PI. O exame indicou uma pequena lesão, mas ele conseguiu se recuperar rápido após responder bem ao tratamento realizado. Com isso, acredito que o atleta não será problema para enfrentar o Botafogo”, afirmou Roberto Vital.


O médico abecedista falou também sobre o caso do meio-campista Allan Dias,  jogador que não atua desde o dia 6 de abril devido a uma grave lesão no tornozelo. O meio-campista entrou na terceira semana de tratamento, mas a previsão de retorno aos trabalhos no campo é de até seis semanas.


“Allan Dias sofreu uma lesão muito grave no tornozelo, existia o risco de passar por uma cirurgia para corrigir o problema, mas passou por uma junta médica que optou por buscar o tratamento através do modo convencional. Allan vem respondendo bem e a previsão é que nos próximos 30 dias ele entre no período de transição”, afirmou Vital.


Ainda existe a possibilidade desse tempo ser reduzido, caso Allan Dias continue respondendo bem ao trabalho de recuperação. Se tivesse de ser submetido a uma cirurgia de tornozelo o tempo de recuperação estimado seria de 4 a 6 meses, fato que iria reduzir drasticamente a possibilidade do atleta voltar a campo a tempo de defender o ABC no Brasileirão.


“A diferença do caso de Kelvin para o de Allan Dias não pode ser relacionada à questão da idade. O caso de Dias foi bem mais sério que o de Kelvin, por isso um está voltando primeiro que o outro”, explicou Roberto Vital. 


Satisfeito com o retorno do companheiro, o lateral-esquerda Felipinho comemora o fato de o ABC ter a oportunidade de ir para São Paulo ainda mais forte, uma vez que Kelvin voltou a fazer a diferença para o lado alvinegro. O defensor ressalta que a meta do clube é se manter na briga na parte de cima da tabela.
“O objetivo do ABC é ficar sempre entre os oito melhores colocados, o trabalho vem sendo muito bem feito e estamos conseguindo mostrar nossa força dentro do Brasileiro. Estamos trabalhando forte todos os treinos sempre com o objetivo de buscar as vitórias nas partidas que iremos encarar”, frisou.


Felipinho que também está numa das melhores fases da carreira no Alvinegro, acredita que a tendência da equipe potiguar é melhorar ainda mais na competição. “A tendência do nosso time é ir crescendo dentro da competição, os novos companheiros  chegaram com o espírito de ajudar a nossa equipe e estão somando muito bem. Dessa forma estamos conseguindo buscar as vitórias nos jogos difíceis que estamos encontrando”, salientou Felipinho.

FONTE: TRIBUNA DO NORTE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dois × quatro =