ABC passa sufoco no primeiro tempo, mas segura empate com Ypiranga-RS em Erechim

Foto: Rennê Carvalho/ABC

Lucrou com empate

Ypiranga-RS e ABC empataram por 0 a 0 na noite desta segunda-feira, no Colosso da Lagoa, em Erechim. O time gaúcho teve amplo domínio no primeiro tempo, pressionou, mas esbarrou na melhor defesa da Série C do Campeonato Brasileiro. Com alguns problemas pré-jogo, o Alvinegro passou sufoco, mas conseguiu segurar o resultado fora de casa e segue entre os primeiros colocados na tabela.

Como ficam?

Agora com 21 pontos, o ABC continua na terceira posição, atrás de Mirassol e Paysandu. O Ypiranga chegou aos 17 pontos, e subiu para a sétima colocação.

Próximos jogos

As duas equipes voltam a jogar no sábado. O Ypiranga encara o Atlético-CE no Estádio Domingão, no Ceará. O ABC volta para Natal e recebe o Confiança no Frasqueirão. Confira a tabela.

Melhor defesa

O ABC chegou ao quinto jogo sem perder e sem sofrer gols na Série C – são três vitórias e dois empates. O Alvinegro tem a defesa menos vazada do Brasileiro, com seis gols sofridos em 11 rodadas.

Inacreditável

A história do jogo poderia ter sido bem diferente. Aos 6 minutos do primeiro tempo, Vitinho desperdiçou uma chance claríssima, com a trave aberta. Após cruzamento da direita, o camisa 11 do Ypiranga completou para fora. Nem ele acreditou no que viu. No fim, o gol perdido fez falta.

Primeiro tempo

O Ypiranga pressionou o ABC nos primeiros minutos e quase abriu o placar com Michel Renner. O Alvinegro parecia atordoado. Na melhor chance, Vitinho recebeu cruzamento e, com a trave aberta, completou para fora. Inacreditável. Cesinha também tentou de falta e parou no goleiro Pedro Paulo, que foi o herói potiguar no primeiro tempo. O ABC assustou em cabeçada de Erick Varão. Henan ainda tentou surpreender em um chute do meio-campo, mas o goleiro Edson conseguiu se recuperar e salvou o time gaúcho. Seria um golaço.

Segundo tempo

O ABC voltou mais ligado para o segundo tempo, mas a postura em campo ficou ainda mais defensiva. Em uma das poucas investidas, Felipinho foi travado no momento da finalização. Os donos da casa mantiveram o controle e João Pedro saiu do banco de reservas para assustar em chute forte de fora da área. Satisfeito com o empate, o técnico Fernando Marchiori congestionou a defesa e conseguiu garantir um pontinho longe de Natal.

GE/RN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 × quatro =