Rede Municipal de Ensino de Natal está com calendário de matrícula aberto para ano letivo 2021

FOTO DESTAQUE: MANOEL BARBOSA/SME

Prossegue até o dia 25 de junho o calendário de matrícula da Rede Municipal de Ensino de Natal para o ano letivo de 2021, previsto para iniciar no dia 07 de julho do corrente ano. Com o encerramento nessa terça-feira (25), da matrícula antecipada destinada aos estudantes com deficiência, transtorno do espectro autista e altas habilidades/superdotação, o calendário tem continuidade com a solicitação da matrícula para estudantes novatos da Educação Infantil e Ensino Fundamental (Anos Iniciais, Anos Finais e Educação de Jovens e Adultos), que acontece de 08 a 14 de junho. 

O processo de matrícula antecipada finalizado na terça-feira para estudantes com deficiência e outras habilidades segue as recomendações da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva Inclusiva que busca garantir os direitos à igualdade de oportunidades educacionais. O resultado das vagas concedidas aos estudantes que efetuaram a matrícula de maneira antecipada vai ser divulgado no Sistema de Matrícula on-line em 27 de maio, e o estudante ou responsável deverá comparecer à unidade de ensino (CMEI ou Escola) até 07 de junho para a efetivação da matrícula e apresentação de documentos que comprovem a condição do estudante (laudo, parecer e/ou relatório médico). 

De acordo com a titular da SME, professora Cristina Diniz, o município disponibiliza a Matrícula Antecipada a esse público desde o ano de 2008 em todas as unidades de ensino da rede, cumprindo a meta de inclusão escolar para todos. “Isso garante tempo hábil para que a escola ou centro infantil viabilize a acessibilidade necessária para atender as singularidades dos estudantes a fim de eliminar barreiras e assegurar o direito igualitário à educação”, frisou a secretária.    

Respaldada nos pressupostos dessa política nacional, a Secretaria Municipal de Educação de Natal (SME) tem desenvolvido outros programas e ações voltadas para garantir aos estudantes público alvo da Educação Especial o direito à educação. “No ano de 2020, a rede municipal de ensino de Natal teve 1.838 estudantes com deficiência, transtornos do espectro autista (TEA) e altas habilidades, matriculados nas unidades de ensino, sendo 13 com cegueira, 64 com baixa visão, 33 com surdez, 55 com deficiência auditiva, 264 com deficiência física, 805 com deficiência intelectual e 604 com TEA”, afirmou a chefe do Setor de Educação Especial da SME, Priscilla Ferreira Ramos Dantas. 

A Rede Municipal de Ensino também oferece o Atendimento Educacional Especializado (AEE), serviço da Educação Especial de caráter complementar e/ou suplementar para a formação dos estudantes com necessidades especiais. Dessa forma, esses alunos são matriculados no ensino comum, e no contra turno da própria instituição ou da escola circunvizinha, tem a matrícula na sala de recursos multifuncionais, com vistas a eliminar ou superar barreiras de acesso ao conhecimento e ampliar a participação e autonomia na escola e fora dela. Foram atendidos 788 estudantes da Educação Especial no AEE no ano de 2020. 

Além disso, a rede oferta dois serviços voltados a atender estudantes com surdez: a atuação dos professores de Libras e dos Professores Tradutores Intérpretes de Libras, que há 10 anos fazem um trabalho articulado, em sala de aula, com os professores do ensino regular junto ao estudante surdo; e o Atendimento Educacional Especializado Bilíngue (AEEB), que é ofertado no contraturno da Escola Municipal Professor Luiz Maranhão Filho, na Sala de Recursos Multifuncionais (SRM). 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

12 − cinco =