Orquestra Sinfônica do RN homenageia Dia Estadual do Forró em concerto neste sábado (13)

Foto: Elisa Elsie

Apresentação gratuita no Papódromo, em Natal, terá versões de clássicos de Elino Julião no repertório. Ingressos precisam ser emitidos pela internet.

A Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte realiza neste sábado (13) um concerto em homenagem ao Dia Estadual do Forró. A apresentação será no Papódromo, no Centro Administrativo, em Natal, a partir das 19h30, com entrada gratuita mediante a emissão de ingressos pela internet.

O evento integra a programação do Natal em Natal e o repertório conta com composições de Elino Julião. Estão incluídos clássicos como “Rabo do Jumento”, “Filho de Goiamum”, “Na Minha Rede Não”, “Finja Que Não Me Quer”, “Na Sombra do Juazeiro”, “Forró na Coreia” e “Puxando Fogo”.

A entrada é gratuita mediante cadastro pelo site Sympla (um por CPF), a partir das 9h desta quarta-feira (10). Os ingressos são limitados (1 mil unidades), e, segundo a organização, no dia do concerto, a entrada só será permitida mediante apresentação do voucher e comprovante de vacinação. É obrigatório o uso de máscara. O acesso ao local será pelo portão principal do Centro Administrativo, na BR-101.

Sob a regência de Willames Costa, também arranjador das músicas que serão tocadas durante a noite, a OSRN receberá como convidados especiais os cantores Nara Costa, Isaque Galvão, Zé Hilton do Acordeon e os Véi Forrozêro.

“O concerto traz uma nova roupagem sobre as músicas de Elino Julião. O que normalmente se ouviria em um grupo de forró, agora o público terá oportunidade de ouvir de forma orquestrada, ampliando a beleza que essa corrente de música popular tem no Brasil. É o forró com roupagem erudita, mas sem deixar de ser forró”, comenta o maestro e diretor artístico da OSRN, Linus Lerner.

Dia Estadual do Forró

O Dia Estadual do Forró – 13 novembro – foi sancionado por meio da Lei Elino Julião (nº 10.908 – autoria do deputado estadual Francisco do PT), em 1º de junho de 2021 pela governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra. A data alude ao dia do nascimento de Julião, natural de Timbaúba dos Batistas (RN).

O homenageado se tornou referência da música e da cultura popular do Nordeste em todo o país. Morou em Natal por 18 anos e depois mudou para o Rio de Janeiro, a convite de Jackson do Pandeiro, dando início a uma grande amizade e parceria que rendeu muitos frutos; trabalhou também como ritmista para Luiz Gonzaga por três anos. Gravou o seu primeiro disco em 1961 e até hoje seus sucessos são hits, principalmente em festas tradicionais pelo Nordeste.

FONTE: G1/RN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um × 3 =