Mutirão vai auxiliar contribuinte de baixa renda a fazer declaração

FOTO: REPRODUÇÃO

O Núcleo de Apoio Contábil da Universidade Potiguar (NAC/UnP) realizará um mutirão para auxiliar ao contribuinte de baixa renda a fazer a declaração. A ação acontecerá no próximo dia 30 deste no Partage Shopping Mossoró e também arrecadará leite para o Abrigo Amantino Câmara.

Já está em vigor desde o último dia 7 de março o período para a entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2022. O prazo foi estendido até o dia 31 de maio. Anteriormente, a entrega da declaração era até o dia 29 deste mês.

Os contribuintes mossoroenses que tiverem dúvidas e precisarem de ajuda para a realização de suas declarações poderão procurar o Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF) da Universidade Potiguar (UnP), Campus Mossoró.

De acordo com o professor Kennedy Paiva, coordenador dos cursos da área de Gestão e Negócios, esse é o segundo ano que ocorre esta atividade voltada à medida. Segundo ele, o propósito do mutirão é atender aquelas pessoas que não têm condições financeiras de contratar um profissional da área para realizar o trabalho.

“Essa já e a segunda edição. A ideia surgiu principalmente para incentivar ainda mais as pessoas a declararem e que não têm condições para pagar um profissional, mas são obrigadas. Ele também é uma forma de trazer a prática para os estudantes e ainda ajudar a instituição”, explicou.

A estimativa da Receita Federal é que no Rio Grande do Norte sejam recebidas 358 mil declarações neste ano. Em todo o país a expectativa é de que 34.100.000 declarações sejam enviadas até o final do prazo.

O Imposto de Renda é um tributo que o governo cobra sobre os ganhos das pessoas, como salários, aluguéis, aposentadoria, pensão, prêmios de loteria etc. O valor é pago de acordo com a renda (quem tem renda menor paga menos, e quem ganha mais paga mais imposto).

São obrigados a declarar aquelas pessoas que receberam um total de rendimentos tributáveis (salário, bônus na empresa etc.) igual ou maior que R$ 28.559,70 em 2021, entre outros contribuintes. Para evitar transtornos o ideal é não deixar para realizar o processo de última hora.

“Contribuintes que tiveram rendimento tributáveis acima de 28.559,70 em 2021. Há também várias outras obrigações que devem ser vistas caso a caso”, disse o professor que destaca que quem não declarar o Imposto de Renda está sujeito como penalidades a juros e multa em cima do valor devido, e até mesmo pendências no CPF.

NAF

O NAF é um projeto da Receita Federal, conveniado a várias instituições de Ensino no Brasil, em que alunos de graduação em Ciências Contábeis oferecem suporte para as pessoas físicas de baixa renda, micro e pequenas empresas e ao público interno da Universidade.

Os atendimentos aos contribuintes de Mossoró e Região terão início a partir da segunda-feira (28). De segunda a quarta-feira, das 16h às 19h, estudantes do Curso de Ciências Contábeis prestarão serviços gratuitos a pessoas físicas e pessoas jurídicas, auxiliando no processo de Declaração do Imposto de Renda. Os atendimentos serão realizados de forma remota e presencial.

“A atuação no NAF permite aos nossos estudantes vivenciarem os processos do dia a dia Contábil, colocando em prática os conhecimentos adquiridos ao longo do curso. Essa é uma rica experiência para sua qualificação enquanto profissional”, reforça.

Poderão ser atendidos pelo NAF aqueles contribuintes que tem apenas um rendimento, recebeu até R$ 40 mil em 2021, tem até seis bens, não paga pensão alimentícia, não possui ganhos de capital e não tem investimentos em ações.

No momento do atendimento os contribuintes devem portar os seguintes documentos: declaração do ano anterior (se houver); documentos pessoais do contribuinte e dependentes (RG, CPF e comprovante de residência); informe de rendimento do ano 2021 da sua fonte pagadora; Documentos que comprovem a posse de um bem (informe de rendimento de conta bancária, documento de veículo etc.).

Entre os serviços realizados estão desde auxílio para abertura de e-mail, orientação financeira e contábil, além de mais uma vez fazer a declaração de IRPF para grupos específicos, como pessoas que na maioria dos anos são isentas, mas, esporadicamente, precisam fazer a declaração.

Os atendimentos serão realizados através de agendamento feito por meio de preenchimento de formulário digital, disponível no link:  https://forms.office.com/r/dhtWMwBmYY.

Documentos necessários:

CPF;

Informes de rendimentos da(s) fonte(s) pagadora(s), inclusive de aplicações financeiras;

Dados atualizados da conta bancária para restituição ou débitos do imposto apurado;

Nome, CPF, grau de parentesco dos dependentes e data de nascimento;

Endereço atualizado;

Cópia da última Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física entregue;

Atividade profissional exercida atualmente;

Recibos e comprovantes de pagamento que geram dedução no cálculo do imposto, por exemplo: despesas médicas, plano de saúde, despesas com educação / instrução;

Outros documentos como os que comprovam a aquisição ou venda de bens e direitos para serem devidamente declarados.

FONTE: DEFATO.COM

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

8 + 9 =