MP cria núcleo de apoio a famílias de vítimas de mortes violentas em Natal

Foto: Igor Jácome/G1

O Ministério Público do Rio Grande do Norte criou o Núcleo de Apoio às Vítimas de Violência Letal e Intencional (NUAVV), que deverá ter ações destinadas à proteção dos direitos dos familiares das vítimas de crimes violentos, letais e intencionais, como homicídio, lesão corporal seguida de morte, latrocínio e morte decorrente de intervenção policial.

A unidade lançada nesta sexta-feira (22) inicialmente, vai funcionar em Natal. Segundo o MP objetivo é garantir a essas pessoas apoio humanizado, informação, orientação jurídica, proteção, acesso à justiça e encaminhamento para atendimento psicossocial e de saúde.

“O NUAVV é um projeto-piloto do Ministério Público do RN, que iniciará pela capital potiguar e que, no futuro, poderá chegar a outros municípios do Estado. Ele está sendo instalado com o propósito de lançar um olhar atento para os familiares das vítimas de violência, reforçando o caráter de humanidade e informação, a partir de um atendimento prestado por profissionais de diversas áreas e coordenado por um promotor de justiça”, diz a procuradora-geral de Justiça, Elaine Cardoso de Matos Novais Teixeira.

O núcleo vai atuar em rede com a Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS), a Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social de Natal (Semtas) e a Defensoria Pública do Estado (DPE).

“O NUAVV atenderá vítimas indiretas da criminalidade violenta. Pais, mães, filhos, irmãos, companheiros e companheiras que perderam um ente querido em morte violenta. O núcleo busca auxiliar estes familiares no exercício de direitos importantes, como o direito à informação, o direito à assistência multiprofissional e no direito de serem tratadas com compaixão e respeito por todos os atores que compõem o sistema de justiça”, explica o promotor de Justiça e coordenador do NUAVV, Vinícius Leão.

Entre os serviços, haverá acolhimento psicológico e social iniciais aos familiares de vítimas de crimes violentos letais e intencionais e, quando necessário, encaminhamento para atendimento junto aos Sistema Único de Saúde (SUS) e de Assistência Social (SUAS).

O projeto-piloto do NUAVV está vinculado ao Gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça, terá sede na capital potiguar, na rua Promotor Manoel Alves Pessoa Neto, 97, Candelária, funcionará de 8h às 15h, de segunda a quinta-feira, e das 8h às 14h nas sextas-feiras.

O NUAVV também pode ser contatado pelo e_mail nuavv@mprn.mp.br e pelo telefone/whatsapp (84) 99972-5351.

G1RN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

12 − nove =