Décimo terceiro salário deve injetar R$2,6 milhões na economia do RN

Foto: Reprodução

A economia potiguar deverá receber até o final de 2021 cerca de R$ 2,6 bilhões apenas em relação aos recebimentos de 13º salário por parte dos trabalhadores. O valor é referente a 1,18% do total do Brasil e 7,29% da região Nordeste. Esse montante representa em torno de 3,1% do PIB estadual. A média de valores por pessoa é estimada em R$ 1.962.

Segundo os cálculos, 1,15 milhão de pessoas devem receber o 13º no estado do Rio Grande do Norte. O número equivale a 1,39% do total que terá acesso ao benefício no Brasil. Em relação à região Nordeste, corresponde a 6,66%. 

Os empregados do mercado formal, celetistas ou estatutários, representam 55%, enquanto pensionistas e aposentados do INSS equivalem a 43,5%. O emprego doméstico com carteira assinada responde por 1,5%.

Em relação aos valores que cada segmento receberá, nota-se a seguinte distribuição: os empregados formalizados ficam com 64,2% (R$ 1,68 bilhão) e os beneficiários do INSS, com 21,9% (R$ 573,89 milhões), enquanto aos aposentados e pensionistas do Regime Próprio do estado caberão 12,4% (R$ 323,55 milhões) e aos do Regime Próprio dos municípios, 1,5%.

FONTE: TRIBUNA DO NORTE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezoito − doze =