ABC: Volante confirma liberação da viagem

Foto: Rennê Carvalho

O volante do ABC, Wellington Dias,, que ficou em Natal e não viajou com o time para Ribeirão Preto, confirmou a estratégia do clube de poupar jogadores, contundidos, ou que precisavam de trabalhos físicos, no jogo contra o Botafogo/SP. A decisão causou polêmica e muitas críticas à comissão técnica, nas redes sociais.

“Eu tinha sentido o músculo adutor da coxa e não estaria 100% no jogo contra o Botafogo. Todo mundo tinha que estar 100% e a gente chegou num consenso de segurar esse jogo para estar apto nos próximos”, explicou o volante.

O jogador, que foi destaque do time logo na estreia dele na equipe seria titular, caso estivesse bem. “A gente conversou bastante aqui no ABC sobre ir, ou não ir para esse jogo contra o Botafogo. Mas o importante é que agora já foi, já passou, não tem como voltar, agora a gente tem que dar sequência no trabalho para atingir nossos objetivos”, complementou o atleta.

O volante afirma que, sobre o seu caso específico, ele falou com os médicos abecedistas. “Falei mais com a parte médica e o clube deu esse respaldo para que a gente pudesse ficar de fora para não perder mais à frente. Conversamos muito e foi tudo certo”, falou. Wellington Reis revelou que gosta de assumir a liderança nos clubes onde joga. “Sempre que estamos em campo e observamos que tem alguma coisa que não está certa, gosto de cobrar, chamar os companheiros para a gente chegar à vitória. Tudo isso em nome da equipe, sempre pela equipe”, diz.

Sobre a disputa pela posição, Wellington considera saudável e disse que, apesar de preferir atuar como primeiro voltante, irá jogar da forma que o técnico Fernando Marchiori optar.

TRIBUNA DO NORTE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três × dois =