UFRN ganha prêmio em Festival Internacional de Cinema de Arquivo

Foto: Cícero Oliveira/UFRN

O documentário A Província Moderna (2019), com direção dos professores Raimundo Arrais (UFRN) e Artemilson Lima (IFRN), ganhou na última sexta-feira, 19, o prêmio de Melhor Filme do Júri Popular na cerimônia de premiação da sétima edição do Festival Internacional de Cinema de Arquivo (2021). Esse festival, denominado Arquivo em Cartaz, é um evento gratuito promovido anualmente desde 2015 pelo Arquivo Nacional (órgão público brasileiro responsável pela gestão e preservação de documentos de arquivo).

A edição deste ano, que aconteceu entres os dias 8 e 20 de novembro, teve como tema Arquitetura: cenário, imaginação e personagem do cinema e buscou explorar as possibilidades de interação entre cinema e arquitetura. A programação do evento em 2021 contou com mostras de filmes, debates, oficinas, entre outras atividades. O evento, que ocorreu em edição virtualizada por causa da pandemia de covid-19, tem como objetivo promover o debate acerca da utilização de documentos de arquivo em novas produções audiovisuais e da preservação de acervos cinematográficos.

O filme potiguar, de natureza histórica, conta a história da cidade de Natal nas três primeiras décadas do século 20. A produção disputou com outros filmes na categoria Júri Popular da mostra competitiva do festival e foi a grande vencedora. A cerimônia de premiação foi realizada em formato virtual e transmitida ao vivo na página do Facebook do Arquivo em Cartaz, sendo apresentada pela atriz e atual presidente da Academia Paraibana de Cinema, Zezita Matos.

O documentário foi produzido por meio da intensa colaboração entre UFRN e IFRN, praticamente sem financiamento. De acordo com Artemilson Lima, um dos diretores do filme, o recebimento do prêmio foi uma grata surpresa e motivo de muita alegria para toda a equipe envolvida na produção do documentário. Ainda segundo Lima, o prêmio representa “o coroamento de um grande esforço”. Para o outro diretor da produção, Raimundo Arrais, o prêmio é uma recompensa por toda a dedicação à produção do filme. Também segundo Arrais, o prêmio é especialmente importante pelo fato do documentário ter agradado tanto o público a ponto de ser eleito como o Melhor Filme do Júri Popular.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

6 − 5 =