Dólar sobe pressionado com cenário político e chega a R$ 5,18

FOTO DESTAQUE: SÉRGIO LIMA/PODER360

O dólar sobe nesta 3ª feira (6.jul.2021) com a cautela dos investidores em relação ao noticiário político. Às 11h50, a moeda norte-americana tinha alta de 1,81%, aos R$ 5,18. 

A reforma tributária está no radar dos investidores. O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), confirmou durante a manhã que a taxação sobre lucro e dividendos poderia ter faixas de tributação, como a do IRPF (Imposto de Renda da Pessoa Física). A medida tende a criar tarifas maiores para investidores de grande porte. 

Também está sob análise dos operadores o possível envolvimento do presidente Jair Bolsonaro em esquema de rachadinha durante seu mandato como deputado federal. Ajuda a pressionar a desvalorização do real frente ao dólar a pesquisa da CNT/MDA, que indica vitória do ex-presidente Lula nas Eleições de 2022. O petista disse em entrevista nesta 3ª feira (6.jul) que irá rever o teto de gastos se for eleito. A regra fiscal é essencial para grande parte do mercado. 

Outro ponto de atenção é a CPI da Covid, que ouve nesta 3ª feira (6.jul) Regina Célia Oliveira, fiscal de contratos do Ministério da Saúde. Ela é questionada sobre a assinatura da compra da vacina indiana Covaxin, apontada como irregular pelo deputado Luís Miranda (DEM-DF). 

O Ibovespa, principal índice da B3 (Bolsa de Valores de São Paulo), recuava 1,11% às 11h50, aos 125.514 pontos. 

FONTE: PODER360 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quatro × quatro =