Álvaro Dias: É absurdo Governo prender cidadãos por toque de recolher

FOTO DESTAQUE: ALEX RÉGIS/SECOM PMN

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, considerou um “absurdo” a prisão de cidadãos de bem por não cumprirem um toque de recolher e questionou a legitimidade do Governo do RN em relação às ações de restrição impostas à população desde o último sábado (06). 

“Isso é um absurdo você mandar prender os cidadãos de bem porque não estão cumprindo um toque de recolher que ninguém sabe nem se existe legitimidade para o Governo do Estado decretar ou se é isso exclusividade do Governo Federal”, disse o prefeito. 

O chefe do Executivo da capital potiguar afirma ter editado um decreto de equilíbrio entre a prevenção à saúde e a manutenção dos empregos, já que “a pandemia pode matar, mas a fome mata também”. 

“Se as pessoas começarem a ficar desempregadas, mais do que já estão, sem ter condições de ter o seu salário, o seu sustento, a sua sobrevivência, de fazer a sua feira, como é que essas pessoas vão se manter também?”, declarou o prefeito em entrevista à 98 FM. 

Álvaro Dias disse que a prefeitura chegou a se reunir com a governadora, mas saiu decepcionada da reunião, pois achou que ela chamaria para dialogar e propor soluções, no entanto, o Governo procurou apenas “ditar o que já havia decidido”. 

FONTE: PORTAL GRANDE PONTO 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

nove − 1 =