Sandro critica terceirizadas da prefeitura de Natal por atrasarem salários dos porteiros

Na sessão plenária desta quinta-feira (10) o deputado Sandro Pimentel (PSOL) teceu duras críticas a três empresas terceirizadas que prestam serviços à prefeitura de Natal por estarem atrasando o pagamento do salário dos porteiros. O parlamentar também fez um apelo para que o prefeito tome atitude diante do problema e também alertou os gestores públicos para o alto custo dessas contratações.

“Fica mais uma vez essa denúncia para que o prefeito de Natal se preocupe com essa situação, com quem recebe salário de miséria atrasado e cobre das suas ´empresas parceiras` o que devem a esses trabalhadores”, afirmou o parlamentar.

Aos empresários, o deputado enviou recado: “Parem de enrolar os seus empregados, os porteiros querem receber o dinheiro para ir ao supermercado, pagar o cartão, fazer suas compras e garantir o alimento das suas famílias. São pessoas que todos os dias acordam cedo e cumprem com suas jornadas e estão querendo apenas o que lhes é de direito”, comentou.

O deputado afirmou que a contratação de empresas terceirizadas gera um alto custo para os municípios e Estados. Informou que há um projeto de sua autoria, tramitando na Casa e já aprovado nas Comissões, que estabelece um fundo compartilhado entre a empresa e o ente público, com percentual repassado mensalmente, justo para evitar esse problema.

“Atualmente as empresas recebem e não pagam aos seus trabalhadores. Como é que fica isso? Passam dias de atraso mas as contas deles, da Cosern, da Caern ou da mercearia, por exemplo, não vão esperar até que ele receba o salário e cobram juros e multas prejudicando o trabalhador que não recebe seu salário com nenhuma correção”, denunciou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui