UFRN e UFRJ firmam parceria para pós em acessibilidade cultural

Foto: Cícero Oliveira

Dando mais um passo em busca da inclusão social, a UFRN firmou parceria com um projeto do Curso de Especialização em Acessibilidade Cultural (CEAC) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) voltado à produção de materiais didáticos acessíveis. O acontecimento efetivou o papel da Instituição potiguar enquanto representante do polo CEAC na região Nordeste,  motivado por sua atuação junto a Rede de Articulação, Fomento e Formação em Acessibilidade Cultural (RAFFACULT). Nesta quinta-feira, 19, a Universidade vai receber a comitiva da ação para uma visita programada com os gestores do Centro de Educação (CE/UFRN), Jefferson Fernandes Alves e Cynara Teixeira Ribeiro, a fim de avaliar as  condições físicas e técnicas para o funcionamento do polo no Campus. 

Iniciada em 2013, a RAFFACULT integra alunos em especialização e  instituições de ensino parceiras com a finalidade de atuar no fortalecimento da pauta da acessibilidade cultural para as pessoas com deficiência. Ao lado da rede, além de ser pioneiro no Brasil e na América Latina, o CEAC atende a alunos de diversas regiões e áreas do país. No período de 2013 a 2019, seu trabalho recebeu o suporte do Ministério da Cultura (MinC), possibilitando a realização de três turmas do curso e o desenvolvimento de oito edições do Encontro Nacional de Acessibilidade Cultural (ENAC).  

Na busca pela ampliação dessas ações, desde 2016, as instituições que participam da rede têm atuado no processo de descentralização da especialização nas cinco regiões do país.  A ideia é não só multiplicar a capacitação de profissionais, mas também atender às diretrizes da Lei Brasileira de Inclusão (LBI) e fortalecer a construção da política pública de acessibilidade cultural para pessoas com deficiência. Para isso, a proposta é tornar o CEAC um curso com caráter semipresencial, contemplando a partir do ensino a distância atividades síncronas, assíncronas e presenciais. 

Além da programação desta quinta-feira, a comitiva também vai realizar uma visita à UFRN na sexta-feira, 20 de maio, a partir das 9h. No plano de atividades, estão uma reunião com os professores e gestores dos programas de Pós-graduação em Educação Especial (PPGEEsp) e de Pós-graduação em Educação  (PPGED) do CE. Soma-se a essa equipe, representantes do Núcleo de Arte e Cultura (NAC), Secretaria de Educação a Distância (SEDIS)  e Secretaria de Inclusão e Acessibilidade (SIA) e participantes ligados a outras unidades e cursos. Na sequência,  acontece o encontro com a gestão da UFRN, formada pela reitoria e pró-reitorias de pós-graduação e de extensão, visando apresentar e discutir o projeto interinstitucional do CEAC. 

Programação da visita:

19 de maio

9h – Reunião com os gestores do Centro de Educação/UFRN para acesso às condições físicas e técnicas para o funcionamento do polo na UFRN; 

10h30 – Visita às dependências do Centro de Educação e da UFRN. Visita ao Núcleo de Arte e Cultura (NAC); Visita ao Laboratório de Acessibilidade da UFRN; Visita à Escola de Música;

14h – Visita ao Museu de Ciências Morfológicas da UFRN; Visita à Secretaria de Educação a Distância da UFRN; Visita ao Museu Câmara Cascudo;

20 de maio

9h – Reunião da Comissão com os professores e gestores dos programas de pós-graduação em educação especial (PPGEESP) e educação  (PPGED) do Centro de Educação e com representações do Núcleo de Arte e Cultura (NAC), Secretaria de Educação a Distância (SEDIS)  e Secretaria de Inclusão e Acessibilidade (SIA), representações de outras unidades e cursos;

11h – Reunião com os gestores da UFRN (reitoria,  pró-reitorias de pós-graduação e de extensão) para a apresentação e discussão do projeto interinstitucional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

8 − 1 =