Rafael Motta usa redes sociais e opinião pública para pressionar Fátima e o PT/RN

Foto: Reprodução

O deputado federal Rafael Motta partiu para o desespero a fim de pressionar o comando o PT a se decidir pela pré-candidatura dele ao Senado na reunião marcada para sábado próximo.

A ofensiva para emparedar os petistas e a governadora Fátima Bezerra inclui o uso estratégico das redes sociais. “Por que a candidatura de Rafael Motta ao Senado é uma boa?” é o título de postagem feita pela assessoria do deputado na rede social Instagram.

O próprio post traz outras telas com as respostas.

Rafael recorda que pesquisas recentes mostram que mais de 50 por cento dos eleitores potiguares ainda não tem candidato ao Senado.

O presidente estadual do PSB defende, em causa própria, que há uma grande preferência pelo nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e que “ele não pode ficar sem candidato ao Senado que vote nele no RN”.

Motta diz que os demais candidatos “não são reconhecidos pela luta em favor dos trabalhadores e pela defesa dos seus direitos”. E conclui: “Rafael, sim”.

Para o pré-candidato do PSB, muitos eleitores não querem “nenhum nem outro”, numa clara referência aos nomes de Rogério Marinho e Carlos Eduardo Alves. E conclui que ele, Rafael, é a terceira opção que os eleitores querem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

cinco × quatro =