Live “Diálogos Culturais” exibe livro do fotógrafo Pablo Pinheiro

FOTO DESTAQUE: PABLO PINHEIRO/REPRODUÇÃO/INTERNET

A obra de um artista que mostra o mundo de vaqueiros potiguares e gaúchos é tema da live Dialogos Culturais da Fundação José Augusto nesta quarta-feira (17) a partir das 19h. O autor Pablo Pinheiro realiza o lançamento da obra “Do Imaginário ao Rio Grandes – Narrativas e Memórias”, publicado pela editora Deu na Telha e aprovado pela Lei Aldir Blanc RN do Governo do RN. A transmissão será realizada no perfil @culturarn do instagram com a mediação do jornalista e músico Moisés de Lima.  

O livro une imagens dos acervos produzidas em imersões do fotógrafo sobre o vaqueiro nordestino, feitas no município de Acari e do gaúcho que representa o homem que lida com o gado no Rio Grande do Sul em uma troca de imagens e realidades entre os dois rio grandes. 

Pablo Pinheiro 

Nascido em São Paulo, mora em Parnamirim e é um cidadão Acariense. Fotógrafo e artista visual, formado em Comunicação Social, coordenou o curso superior de Comunicação Digital/Fotografia Digital (SP), depois lecionou na UnP e Fanec em (RN) até 2006. Atua como fotógrafo, editor, produtor cultural e educador. Também é responsável pela Editora e Produtora Deu na Telha e é um dos fundadores do Círculo da Imagem. Possui alguns trabalhos premiados nacionalmente como o Prêmio Marc Ferrez de Fotografia da Funarte e o Rodrigo Melo do IPHAN. E já foi representante Nordeste na RPCFB – Rede de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil e no CSAV – Colegiado Setorial das Artes Visuais Nacional. 

Diálogos 

A FJA iniciou no segundo semestre de 2020, o “Diálogos Culturais”, no canal @culturarn do Instagram no qual entrevistou uma série de artistas potiguares de campos culturais diversos como Música, Teatro, Audiovisual Literatura e Dança.  O objetivo do projeto é estimular o público a permanecer em casa durante a pandemia e oferecer uma programação didática sobre vida e obra dos convidados.  

Live Diálogos Culturais 
Data: Quarta (17) às 19h 
Canal: @culturarn  (instagram da FJA) 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três × 2 =