Governo Bolsonaro coloca à venda 23 imóveis no RN e mais sete estados

FOTO DESTAQUE: AGÊNCIA BRASIL/PORTAL GRANDE PONTO

Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União, do Ministério da Economia (SPU/ME), colocou à venda 23 imóveis da União sem uso no Distrito Federal e em oito estados – Goiás, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Ceará, Rio Grande do Sul, Pará, Espírito Santo e Pernambuco. Os certames serão realizados entre 25 de fevereiro e 30 de março. Ao todo, os bens estão avaliados em RS 63 milhões. 

Os imóveis mais valiosos estão localizados nos estados de Goiás e do Rio de Janeiro. Em Goiânia (GO), por exemplo, a oportunidade é referente a um terreno de 5 mil m², avaliado em R$ 21 milhões. Já no Rio de Janeiro (RJ), um edifício de 4,5 mil m² está ofertado por R$ 24 milhões. As concorrências públicas são eletrônicas e os ativos podem receber propostas de interessados por meio do site de venda de imóveis da União.  

Os editais das concorrências públicas eletrônicas e as fotos dos imóveis estão disponíveis no site. Também é possível realizar visita presencial aos ativos mediante agendamento direto na Superintendência do Patrimônio da União no estado onde o imóvel está localizado. De acordo com o secretário da SPU, Mauro Filho, a expectativa é que vários ativos sejam ofertados ao mercado neste ano. “Em breve, teremos uma grande oferta de imóveis da União, prevista no Programa SPU+. A projeção é ofertar mais de R$ 1 bilhão em ativos ainda no primeiro quadrimestre deste ano”, explica.  

Para todos os certames, as sessões públicas serão realizadas às 15h. Os interessados devem fazer propostas por meio do Sistema de Concorrência Eletrônica (SCE) disponível no site. Como o processo é virtual, elas podem ser apresentadas até às 14h59 do dia da sessão pública. Entretanto, para ocorrer a validação, é necessário anexar o comprovante de pagamento da caução, equivalente a 5% do valor do imóvel. A oferta de maior valor vence o certame. Caso a proposta apresentada não seja a vencedora, a caução é integralmente devolvida. Para registrar as ofertas é necessário possuir o cadastro único no Portal gov.br, que possibilita acesso às páginas do governo federal.  

Programa SPU+  

Desde o lançamento, em dezembro de 2020, o Programa SPU+ já ofertou cerca de meio bilhão de reais em imóveis ao mercado. O programa está dividido em três planos: alienação, cessão e concessão, e racionalização e visa ativar a economia por meio da monetização de R$ 110 bilhões em imóveis da União até 2022. 

FONTE: PORTAL GRANDE PONTO  

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui