Eraldo Paiva toma posse no cargo de prefeito de São Gonçalo do Amarante/RN

FOTO: REPRODUÇÃO

Primeiro ato do novo chefe do Executivo Municipal foi decretar luto oficial de oito dias pela morte do prefeito Paulo Emídio (Paulinho)

A Câmara Municipal de São Gonçalo do Amarante realizou, na noite desta terça-feira (10), sessão solene especial para a posse de Erado Daniel de Paiva, do Partido dos Trabalhadores (PT), novo chefe do Poder Executivo do Município, que assume definitivamente em função da vacância do cargo provocada pela morte do prefeito Paulo Emídio de Medeiros (Paulinho).

Em uma solenidade marcada pela emoção, o ato de posse foi declarado pela presidente do Poder Legislativo Valda Siqueira, que pregou a união de todos, em benefício de São Gonçalo. “Nenhum dos poderes funciona independentemente. O Executivo executa e o Legislativo faz as leis para que isso aconteça. Estamos todos aqui, prefeito, vereadores e vereadoras e, principalmente, o povo que vai nos dar esse sustento para que o trabalho continue, para que possamos fazer cada vez melhor pela nossa cidade”, enfatizou Valda.

A cerimônia ainda contou com o tradicional juramento e a colocação da faixa oficial. Já empossado, em seu primeiro ato, Eraldo Paiva assinou documento decretando luto oficial pelo período de oito dias em respeito à memória do prefeito Paulinho. No discurso de posse, deixou claro que a solenidade era uma formalidade e não um ato festivo. Lamentou mais uma vez a morte prematura do seu companheiro de chapa em duas eleições. “Paulo Emídio de Medeiros, nosso querido Paulinho, foi e é uma referência para São Gonçalo, e por que não dizer para Rio Grande do Norte? Seu legado nunca será esquecido.” Ele ainda ressaltou a presença da esposa e primeira-dama Heide Bezerra, de seu filho mais velho Pedro Magno e compartilhou os cuidados que vão precisar ter com o filho mais novo Théo, a partir deste novo desafio assumido.

Eraldo também fez um relato da trajetória, citou nominalmente cada vereador e vereadora e foi contundente ao afirmar a continuidade das obras e ações da gestão em andamento, bem como a disposição para trabalhar pelo município de São Gonçalo do Amarante. “O momento exige que todos sejamos fortes. Somos desafiados a enfrentar essa situação difícil para darmos continuidade a uma gestão de sucesso, bem avaliada pela maioria da nossa população. Na condição de vice-prefeito eleito, ao lado de Paulinho, não posso me ausentar desta realidade e responsabilidade que se impõe. Nestas circunstâncias políticas, eu peço a Deus sabedoria e discernimento para conduzir, da melhor forma possível, juntamente com a Câmara de Vereadores, nossos auxiliares diretos e indiretos, nossos servidores públicos e toda a classe política o destino do nosso amado São Gonçalo do Amarante”, declarou.

Estiveram presentes Iris Oliveira, secretária estadual do Trabalho, Habitação e Assistência Social, representando a governadora Fátima Bezerra, o ex-prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, o padre Antônio Murilo de Paiva, irmão de Eraldo e capelão do Monumento do Mártires de Uruaçu, os vereadores Flavio Henrique e Márcia Soares, integrantes da mesa diretora, todos os demais parlamentares, secretários municipais, servidores públicos, membros da imprensa de São Gonçalo e da mídia estadual, lideranças do município e a população.

BIOGRAFIA DE ERALDO PAIVA

Eraldo Daniel de Paiva, tem 45 anos, é natural de São Gonçalo do Amarante, casado com Heide Bezerra, e tem dois filhos (Pedro e Théo). De pais agricultores, Teodósio Henrique de Paiva e Maria Ester de Paiva, é o filho mais novo da família de 10 irmãos.

Sua trajetória política teve início aos 14 anos, na década de 90, em movimentos populares da Igreja Católica, como a Pastoral da Juventude do Meio Popular (PJMP), e nos grupos de teatro locais. Também foi agente de saúde da Prefeitura Municipal.

Foi vereador de São Gonçalo do Amarante de 2009 a 2016, período em que também foi presidente estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) no RN.

Desde 2017 é vice-prefeito de São Gonçalo do Amarante, dois mandatos consecutivos. Nesta terça-feira (10), foi empossado prefeito municipal por ocasião da morte do prefeito Paulo Emídio de Medeiros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

1 + 3 =